Esqueceu sua Senha?

Coloque seu email abaixo e enviaremos um
link para você criar uma nova senha.

Esqueceu sua Senha?

Coloque seu email abaixo e enviaremos um
link para você criar uma nova senha.

Cadastre-se

7 dicas de como usar melhor seu cartão de crédito

Por i vie

Seria ótimo poder deixar o cartão de crédito de lado e pagar só à vista. Esta é, aliás, a dica número 1 dos poupadores e bons negociantes. Mas o comércio online incentiva, os benefícios com pontuação e milhas em companhias aéreas são bons, e, em prol da segurança pessoal, preferimos andar com dois ou três cartões de crédito a andar pela cidade com dinheiro vivo.

Entretanto, ele é o maior vilão entre as famílias perdulárias: no início de 2016, as taxas de crédito rotativo — os juros acumulados nos cartões de crédito — chegaram a 400% segundo a ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), valor assustador para quem gosta de pagar as dívidas aos pouquinhos. Para não cair em tentação ou se embananar na hora de pagar, siga as instruções:

* Volte à primeira linha do texto: prefira comprar à vista e negociar descontos sempre que possível. Use o cartão de crédito cada vez menos. Abastecer o carro com ele só vale se você tiver de preencher o tanque

* Faça um balanço de gastos mensais (aluguel, combustível, transporte, supermercado, escola dos filhos) combinando o salário de toda a família que contribui para o pagamento das dívidas. Se está em um momento apertado e compromete mais de 60% do salário com gastos fixos, reprima a vontade de comprar por impulso em lugares que facilitam o pagamento com cartão de crédito, como shopping centers e restaurantes. Quando sair às compras, deixe as crianças em casa para não ter de dizer não

* Evite o parcelamento acima de 6 vezes e preste atenção na somatória das prestações. Calcule o prejuízo que terá até quitar toda a dívida e veja se é possível escapar de juros exorbitantes pagando tudo em dinheiro vivo

* Um bom parâmetro para não sair gastando demais é jogar no cartão de crédito o pagamento de contas que não ultrapassem 10% de seu salário. Débito em conta, sim; dívidas no cartão, fuja.

* Jamais pague o valor mínimo da fatura. Pague-a integralmente e evite dores de cabeça no mês seguinte

* Escolha uma data de pagamento posterior ao dia em que quitar a maior parte de seus gastos mensais, para poder trabalhar com o saldo restante e pagar o máximo possível da fatura, caso não consiga planejar o pagamento integral. Se você for do time que só usa cartão de crédito, considere-o uma despesa tão importante quanto aluguel. Pague tudo, e em dia.

* Supérfluo é, como o nome diz, supérfluo, algo desnecessário. Dar-se um presente todo mês e jogar a dívida para o cartão é delicioso, mas que seja um presente que você possa pagar — uma sessão de massagem, um corte de cabelo transado, um vestido novo. Mas é um agrado por vez!

 

Quer ter uma vida planejada e mais tempo para você?

Veja como!

http://www.ivie.com.br/meubudget



Leia mais:


SAúDE : Beber água antes de comer ajuda a emagrecer, sem dieta nem exercício
SAúDE : 6 coisas que não te deixam emagrecer
COMPORTAMENTO : A importância da sua imagem em relação à carreira



Conheça a nossa
ferramenta de controle
financeiro que irá te
auxiliar a ter uma vida
mais planejada.

Veja Agora