Esqueceu sua Senha?

Coloque seu email abaixo e enviaremos um
link para você criar uma nova senha.

Esqueceu sua Senha?

Coloque seu email abaixo e enviaremos um
link para você criar uma nova senha.

Cadastre-se

5 situações financeiras que toda mulher deve planejar

Por i vie

Vamos encarar os fatos: homens e mulheres não são iguais. Eles têm corpos diferentes, desejos distintos, pensam diferente e até mesmo guardam dinheiro de forma diferente.

E não é novidade que,  ao longo de suas vidas, as mulheres vivam situações financeiras únicas relação ao sexo oposto.

Há certas fases da vida de uma mulher que ela pode esperar e planejar. Aqui estão cinco cenários financeiros que cada mulher deve estar pronta para enfrentar:

1. Poupar para a aposentadoria

As mulheres normalmente vivem mais que os homens. De cinco a 10 anos a mais. E com a longevidade vem o fardo de guardar mais para ter uma aposentadoria mais longa. Em média, as mulheres ganham menos dinheiro do que os homens, são mais propensas a deixar o local de trabalho (mais de uma vez) para criar os filhos, e muitas vezes poupam ou investem de forma menos agressiva do que os homens.

Por isso que é crucial começar a poupar cedo. Reúna-se com um consultor financeiro no início de sua carreira e comece a planejar. E se você está pensando em deixar de trabalhar para criar os filhos, é importante guardar o máximo possível enquanto você está trabalhando.

2. Construir uma poupança ou fundo de emergência

Se você não tem uma conta poupança de emergência, é hora de abrir uma. Especialistas em finanças recomendam que você guarde dinheiro para até seis meses de despesas no caso de perder o emprego de repente ou de uma emergência médica imprevista.  A última coisa que você quer fazer em um momento de dificuldade é se preocupar em pagar seu aluguel ou quitar a dívida de seu cartão de crédito.

A chave é começar com pouco. Poucos reais por mês podem significar uma boa rede de segurança após alguns anos de estrada. Considere opções de poupança, títulos do Tesouro Nacional e CDBs e CDIs, que oferecem taxas de juros mais altas e levam vários dias para o resgate, o que irá mantê-la longe da tentação de utilizá-los para compras impulsivas.

3. Casar

Em 2013, nos EUA, os americanos gastaram em média 30 mil dólares no casamento. As festas extravagantes levam os casais a entrarem no matrimônio com um alto nível de endividamento.

Para evitar esse problema, é melhor criar um orçamento específico para o casamento com o seu parceiro, e começar a economizar o quanto antes. Evite estourar o limite de cartões de crédito e tomar empréstimos. Se você ficar acima do seu orçamento, peça aos membros da família ou até mesmo a seus convidados que contribuam com algum dinheiro. Já é comum casais renunciarem a presentes de casamento em troca de apoio financeiro da família e dos amigos para ajudar a pagar o seu casamento ou sua lua de mel.

4. Licença maternidade

Ter um filho é um momento alegre e emocionante. Mas, antes disso, é importante planejar com o seu parceiro como você vai sustentar sua família durante o período de licença. Calcule o valor de sua licença maternidade e veja se será suficiente para bancá-la enquanto estiver cuidando do bebê. A chave é planejar com antecedência.

5. Cuidar dos pais idosos

Estudos mostram que as filhas cuidam de pais idosos duas vezes mais do que os filhos homens. Mesmo que seus pais tenham suas economias da aposentadoria bem guardadas, é importante planejar como você vai ajudá-los quando eles envelhecerem - seja por apoio financeiro ou cuidando deles em casa.

 

Quer ter uma vida planejada e mais tempo para você?

Veja como!

http://www.ivie.com.br/meubudget



Leia mais:


COMPORTAMENTO : 3 hábitos que estão bloqueando seu sucesso
DINHEIRO : Ficar rica leva tempo
DINHEIRO : Conheça as 13 brasileiras bilionárias da lista Forbes



Conheça a nossa
ferramenta de controle
financeiro que irá te
auxiliar a ter uma vida
mais planejada.

Veja Agora